Japão reclama de carne contaminada

Agronegócio

Japão reclama de carne contaminada

Remessa brasileira teve atestado excesso de resíduos de ivermectina
Por:
490 acessos

Uma remessa de carne bovina brasileira processada encaminhada ao Japão teve atestado excesso de resíduos de ivermectina, medicamento utilizado para o controle de parasitas em bovinos. O governo brasileiro confirmou a informação, contudo, a assessoria do Ministério da Agricultura informou tratar-se de um caso "não alarmante". O presidente da Abiec, Antônio Camardelli, explicou que tratam-se de amostras que chegaram ao Japão para avaliação de potenciais clientes e que apresentaram níveis de resíduos acima do permitido pela lei japonesa. Conforme o dirigente, após a identificação recente de resíduos em cargas encaminhadas aos EUA, o Japão alterou sua legislação. Os produtos embarcados ao país teriam sido elaborados antes da mudança. "É mercado que nos interessa muito." O Brasil já exportou ao Japão 9,3 milhões de dólares em carne processada neste ano.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink