Javalis trazem prejuízos para produtores de Ibiá, em MG

Agronegócio

Javalis trazem prejuízos para produtores de Ibiá, em MG

Espigas de milho são derrubadas e vários clarões são vistos nas plantações
Por:
3155 acessos
A reprodução desordenada de javalis preocupa os agricultores de Ibiá, na Região do Alto Paranaíba, em Minas Gerais. O animal, que têm hábitos noturnos, destrói lavouras e deixa prejuízos para os produtores.

Em algumas fazendas do município, espigas de milho são derrubadas pelos animais e vários clarões são vistos nas plantações. Em vários pontos das fazendas, podem-se ver pegadas de grupos de javalis.

O pecuarista Wander Silva disse que os animais apareceram na região há cerca de três anos. “Ano passado eles destruíram muito da minha fazenda. Este ano, 15% da produção. Isso porque eu coloquei gente para vigiar”, falou.

De acordo com o agricultor, Cláudio Marques Júnior, os danos nas propriedades são incalculáveis. “A única atitude seria liberar uma caça controlada do animal”, disse.

De acordo com a Polícia do Meio Ambiente, a caça de javalis é proibida e considerada crime ambiental. Segundo o cabo Cláudio Fontana, as pessoas que se sentirem prejudicadas pelo animal devem procurar a polícia. “Nós vamos fazer um relato e passar para o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), para que eles venham tomar providências”, disse.

A pena para quem é flagrado caçando javali pode chegar a um ano de prisão, além do pagamento de multa, segundo o Ibama.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink