JBS pretende importar milho

MERCADO

JBS pretende importar milho

Preço está muito alto no mercado doméstico
Por: -Leonardo Gottems
4021 acessos

A JBS SA, anucniou que está buscando importar 200 mil toneladas de milho devido aos altos preços domésticos, segundo informações que foram divulgadas pela agência de notícias Reuters. As informações da Reuters dão conta de que JBS disse que os embarques de importação de milho devem chegar no início de 2020 no Brasil. 

"A decisão da empresa é baseada na melhor competitividade em relação ao custo atual de grãos no Brasil", disse a JBS à Reuters. Segundo a agência, os preços do milho no Brasil aumentaram mais de 30% desde setembro, devido à escassez de oferta. 

Dias atrás, a Bloomberg havia informado que o frigorífico já estava negociando a importação de 200.000 toneladas de milho da Argentina para chegada nos primeiros meses de 2020. Além disso, Segundo a empresa, trazer grãos do país vizinho faz sentido depois que os preços no Brasil subiram entre 25% e 40% nos últimos dois meses. 

Para Tarso Veloso, analista da AgResource em Chicago, o está tão alto que tem havido muita especulação sobre importações. "Ninguém esperava que os preços estivessem onde estão, por isso faz sentido para os grandes compradores tentar trazer milho de outros lugares", indica o especialista, falando do panorama atual. 

Nesse cenário, a Emater anunciou que a colheita de milho da safra 2019/20 começou na região gaúcha de Santa Rosa, o que a torna uma das primeiras áreas do país a ter o cereal colhido. "O Rio Grande do Sul, em algumas partes, começa o plantio antes. E é onde começa a colher primeiro no Brasil... mas deve ser algo bem pontual mesmo", disse o analista Adriano Gomes, da AgRural. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink