Justiça autoriza benzoato de emamectina contra Helicoverpa na Bahia

Agronegócio

Justiça autoriza benzoato de emamectina contra Helicoverpa na Bahia

A decisão é contrária à ação do Ministério Público
Por: -Leonardo Gottems
6445 acessos
O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) autorizou a liberação de defensivos contendo benzoato de emamectina para o combate à Helicoverpa armigera. A decisão é contrária à iniciativa do Ministério Público do Estado, que instaurou em maio de 2013 uma ação civil pública para barrar a utilização de 181 toneladas da substância. 

O inseticida foi importado pela Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) em abril de 2013, amparada por um decreto de emergência fitossanitária emitido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para as safras de 2014 e 2015. O benzoato de emamectina, porém, ainda não registrado no Brasil e sofre resistência da parte da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) admite o uso de agroquímicos contendo a substância apenas em casos extremos. Para o diretor de Defesa Sanitária Vegetal da Adab, Armando Sá, é possível conter os impactos ambientais. A Helicoverpa armigera gerou prejuízo de mais de R$ 2 bilhões nas safras de 2012/2013 atacando plantações de soja, milho, algodão e feijão no Oeste baiano. Há ainda produtos em estoque no município de Luís Eduardo Magalhães (BA).

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink