Kepler Weber anuncia lucro histórico para o primeiro semestre
CI
Agronegócio

Kepler Weber anuncia lucro histórico para o primeiro semestre

Esta é a primeira vez que a empresa tem um resultado tão significativo no período
Por: -Marianna

Esta é a primeira vez que a empresa tem um resultado tão significativo no período

A grande safra de grãos no Brasil e na América Latina, aliada a forte recuperação do mercado interno foram os fatores responsáveis pelo lucro líquido de R$ 3,7 milhões no segundo trimestre de 2010, frente ao prejuízo de R$ 0,4 milhão registrado no mesmo período de 2009. “O nosso negócio é movido pelo tamanho da safra, e não pelas commodities”, afirmou o diretor presidente da empresa, Anastácio Fernandes Filho, durante o anúncio dos resultados, nesta quarta-feira (11-08). Ele lembrou que, de acordo com dados da Conab, o Brasil possui um déficit 20 milhões de toneladas de armazenagem, o que fez com que se começasse a investir nessas melhorias já no inicio do ano.

Esta é a primeira vez que a Kepler Weber tem um resultado tão significativo no primeiro semestre do ano. Isso porque, de acordo com o diretor administrativo financeiro e de relações com investidores, Nolci Santos, a demanda por sistemas de armazenagem costuma acontecer a partir de junho, quando os agricultores começam a projetar a safra seguinte. Além disso, a empresa está abrindo novos mercados no hemisfério norte, onde a safra acontece no período oposto à da América Latina. “Nós estamos trabalhando no leste europeu e em diversos países da Ásia; também estão surgindo boas oportunidades no Oriente Médio”, afirmou Santos. Este esforço vem consolidando a empresa no cenário internacional. Atualmente, a Kepler Weber está entre as seis maiores companhias do segmento no mundo.

O fornecimento customizado, de acordo com as necessidades do cliente, é um diferencial ressaltado pelo diretor presidente da empresa. “A nossa produção é casada com o pedido, não fabricamos em estoque”, disse Fernandes.

A grande demanda por sistemas de estocagem continua sendo puxada por cooperativas e traders. Já o sistema de armazenagem nas propriedades não chega a 10% no Brasil, índice considerado baixo por Anastácio Fernandes Filho. “Nós temos feito um trabalho intenso junto com nossos credenciados visando à conscientização de pequenos e médios produtores, mostrando as vantagens econômicas de ter na propriedade um equipamento de armazenagem.” Conforme o diretor presidente, Kepler Weber já está preparada para atender a esta demanda, com um projeto voltado para agricultores que produzam de cinco a 100 mil sacas. “Esta é uma questão de conscientização e de suporte do governo, que tem percebido esta necessidade e tem feito a sua parte, por meio das linhas de financiamento”, concluiu Fernandes.

Assista aqui trecho da entrevista coletiva do diretor presidente da Kepler Weber, Anastácio Fernandes Filho.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink