Laboratório da Superbac vai integrar BioAS da Embrapa
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,046 (0,55%)
| Dólar (compra) R$ 5,60 (-0,69%)

Imagem: Pixabay

SOLO

Laboratório da Superbac vai integrar BioAS da Embrapa

Unidade poderá realizar análises biológicas de solo para produtores rurais
Por:
546 acessos

A EMBRAPA – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – lançou, recentemente, a BioAS, tecnologia de Bioanálise de Solo, que consiste na análise de duas enzimas (beta-glicosidase e arilsulfatase) que estão relacionadas ao potencial produtivo e à sustentabilidade do uso do solo e estarão disponíveis aos produtores rurais de todo o Brasil.

Para a realização das análises, a EMBRAPA habilitou e credenciou um seleto grupo de laboratórios para integrar a rede BioAS e a SUPERBAC foi uma das empresas certificadas para a análise de enzimas de solos. A certificação tem validade de um ano e é renovável mediante novo processo de creditação.

Com a conquista, a SUPERBAC passou a integrar uma rede de laboratórios credenciados e a expectativa é realizar, ao longo do segundo semestre, uma média de 200 análises por mês, já com capacidade para ampliação da oferta até o final de 2020.

A análise de solo é cada vez mais estratégica para produtores de diferentes culturas, já que permite avaliar as condições e necessidades de reposição de nutrientes, sinalizando se o manejo está sendo feito de forma adequada. Dependendo do resultado o produtor terá mais segurança e será mais assertivo na tomada de decisões.

“A realização de análises biológicas é cada vez mais uma necessidade do produtor, que tem interesse em saber as condições do seu solo, possíveis deficiências e assim buscar soluções adequadas para melhora da performance. O grande diferencial da BioAS é que ela permite um diagnóstico completo e a identificação de alterações que não eram percebidas em análises convencionais”, diz o Dr. Sérgio Moreira, gerente de pesquisa, desenvolvimento e inovação da SUPERBAC.

Em suas instalações, a SUPERBAC conta com uma estrutura completa de análises e bioprocessos que qualifica a empresa para atender as exigências da EMBRAPA e as demandas dos produtores. “Com o resultado da análise o produtor recebe um laudo, apresentando os indicadores de armazenamento, suprimento e ciclagem de nutrientes, que é uma garantia de qualidade no que diz respeito ao manejo do solo”, completa Moreira.

Com a certificação o laboratório da SUPERBAC estará conectado aos servidores da EMBRAPA por meio de um sistema denominado Módulo de Interpretação da Qualidade do Solo da Tecnologia BioAS, que envolve o cálculo de Índices de Qualidade de Solo (IQS).

Além da Superbac, laboratórios de Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, São Paulo e Paraná também conquistaram a certificação.

Vale destacar que além da certificação da EMBRAPA para a BioAS, a SUPERBAC também conquistou o selo de excelência de Laboratório Aprovado pelo Programa de Análise de Qualidade de Laboratórios de Fertilidade da EMBRAPA – PAQLF, além dos selos de acreditação para análise foliar pelo Programa Interlaboratorial de Análise de Tecido Vegetal (PIATV) e para análise de solo pela Comissão Estadual de Laboratórios de Análises Agronômicas (CELA-PR), completando toda a cadeia analítica para atendimento às necessidades dos produtores.

A SUPERBAC, empresa fabricante de fertilizantes com 25 anos de mercado, está instalada na cidade de Mandaguari, no Paraná. No local, conta com uma moderna fábrica e laboratório de desenvolvimento.

 

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink