Agronegócio

Laboratório de Sorriso (MT) analisou 7 mil amostras de algodão

O Laboratório de Classificação de Algodão em Sorriso (MT) já analisou 7.200 amostras
Por: -Redação
2 acessos

O Laboratório de Classificação de Algodão em Sorriso (MT), inaugurado pela BM&F em 24 de outubro, já analisou 7.200 amostras. Deste total, 3.700 amostras foram analisadas e 3.500 estão sendo aclimatizadas. O volume de amostras refere-se ao período de 24 de outubro até 8 de novembro.

O local tem dois aparelhos de classificação de HVI (High Volume Instruments), além de uma especialista no setor de classificação com mais de 30 anos de experiência. O Departamento de Classificação da BM&F, que fica em São Paulo, no bairro de Vila Carioca, é responsável hoje pela classificação de cerca de 1,300 milhões de amostras de algodão por ano.

Segundo Felix Schouchana, Diretor de Mercados Agrícolas da BM&F, o Laboratório de Sorriso está dimensionado a classificar cerca de 400 mil amostras de algodão por ano. As informações são da assessoria de imprensa da BM&F.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink