Laboratório para impulsionar produção de arroz

Agronegócio

Laboratório para impulsionar produção de arroz

O Laboratório Nacional de Engenharia de Arrozais contará com um centro de pesquisa e uma base de produção, obras onde o governo central investirá um milhão 800 mil dólares
Por:
1618 acessos
O Laboratório Nacional de Engenharia de Arrozais contará com um centro de pesquisa e uma base de produção, obras onde o governo central investirá um milhão 800 mil dólares
Beijing (Prensa Latina) China aprovou o estabelecimento de um laboratório agrícola na cidade de Nanchang, capital da província do leste Jiangxi, visando aumentar a produtividade dos arrozais e reforçar a segurança alimentar.

A entidade, que recebeu o consentimento da Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma (CNDR), estará envolvida à Academia Provincial de Agricultura do mencionado território, assinalou um porta-voz da CNDR, citado hoje por meios de imprensa.

O Laboratório Nacional de Engenharia de Arrozais contará com um centro de pesquisa e uma base de produção, obras onde o governo central investirá um milhão 800 mil dólares.

China, o país mais povoado do mundo, com mil 340 milhões de habitantes, é o maior produtor e consumidor de arroz do planeta.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink