Lançado fungicida e nematicida microbiológico de 3 bactérias
CI
Imagem: Arquivo Agrolink
INSUMOS

Lançado fungicida e nematicida microbiológico de 3 bactérias

Prejuízos com nematoides chegam a R$ 35 bilhões por ano nas lavouras brasileiras
Por: -Leonardo Gottems

A ADAMA lançou no Brasil o fungicida e nematicida microbiológico Protege, que possui recomendação principal para as culturas da soja e da cana-de-açúcar.

O biopesticida Protege é uma combinação tripla de bactérias: Bacillus thuringiensis + Bacillus velezensis + Bacillus amyloliquefaciens, que possuem diferentes modos de ação sobre os nematoides, conferindo controle desses parasitas e proteção à produtividade. 

Os prejuízos com nematoides chegam a R$ 35 bilhões por ano nas lavouras brasileiras, de acordo com a Sociedade Brasileira de Nematologia (SBN). 

“Os bionematicidas são importantes ferramentas para o controle de nematoides, pois são eficazes e contribuem na construção de um ambiente produtivo favorável para as plantas se desenvolverem”, explica Vinicius Boleta, gerente de Produto da ADAMA.

A fabricante afirma que acredita na eficiência dos biopesticidas, bem como na combinação de produtos químicos e biológicos para o melhor manejo das culturas. 

“Além disso, a companhia trabalha para ter produtos cada vez mais sustentáveis, indo ao encontro das necessidades da agricultura brasileira”, completa Boleta.

De acordo com ele, a entrega de produtos diferenciados como o Protege faz parte da “promessa de marca da ADAMA: Listen. Learn. Deliver. Ou seja, escutar as necessidades dos produtores rurais, entender seus desafios e demandas para entregar as melhores soluções para suas lavouras. A nova solução tem sua comercialização prevista para o segundo semestre de 2022”.

A companhia espera alcançar, em um prazo de cinco anos, um faturamento anual de USD 50 milhões com essa linha de biopesticidas.

“A produção de alimentos com sustentabilidade é o grande desafio da agricultura moderna. Por este motivo, a demanda por tecnologias inovadoras como as biossoluções é crescente. A ADAMA entendeu essa necessidade e, por isso, vem investindo nos últimos anos na ampliação do portfólio”, afirma Boleta.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.