Lançamento do “Café com Ciência” e distribuição de publicações na Embrapa

Agronegócio

Lançamento do “Café com Ciência” e distribuição de publicações na Embrapa

O livro contém 30 capítulos em 608 páginas com textos e ilustrações
Por:
1020 acessos

O livro contém 30 capítulos em 608 páginas com textos e ilustrações

Como parte da programação do VII Encontro do Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade Tropical (PPGBio), a Biblioteca da Embrapa Amapá "Dr. Dorival Pimentel" montou um estande de publicações no hall do prédio de Transferência de Tecnologias / espaço da Livraria, nesta quinta-feira, 24, e sexta-feira, 25. No local, estão sendo doados material bibliográfico duplicado do acervo da Biblioteca ao público do Encontro, e também sendo feita uma demonstração da Base de Dados em Pesquisa Agropecuária (BDPA) e dos repositórios digitais de acesso aberto: Infoteca-e, Alice e Sabiia. Esta base possibilita acesso fácil e gratuito ao vasto acervo de livros, artigos de periódicos, monografias, teses, cartilhas, relatórios técnicos, folderes e folhetos. Podem ser baixados pelo link  http://www.bdpa.cnptia.embrapa.br

Café com Ciência 

Outra ação da Biblioteca é o lançamento da programação "Café com Ciência", às 16h30 desta sexta-feira, 25/11, no auditório Marabaixo, onde acontece o VII Encontro do PPGBio. A obra de abertura do "Café com Ciência" é o livro "Pragas Agrícolas e florestais na Amazônia", tendo como editores técnicos Neliton Marques da Silva (UFAM), Ricardo Adaime (Embrapa Amapá) e Roberto Antônio Zucchi (Esalq/USP). O livro contém 30 capítulos em 608 páginas com textos e ilustrações. O conteúdo inclui desde pragas de frutíferas como o araçá-boi, o cacau, o camu-camu, o cupuaçu, o guaraná, o taperebá, além da banana, citros e outras mais conhecidas e adaptadas ao bioma da Amazônia, passando pelas pragas que atingem culturas como a do arroz, café, feijão, mandioca, milho, soja e as pastagens na Amazônia. O "Café com Ciência" é uma proposta de Boas Práticas originada dos serviços da Biblioteca, em parceria com o Comitê Local de Publicações (CLP) e o Núcleo de Comunicação Organização (NCO) da Embrapa Amapá.

A bibliotecária Adelina Belém explica que a finalidade desta ação, integrada à programação do VII do PPGBio, é ampliar a divulgação da produção científica gerada pela Embrapa, tendo como objeto de disseminação o lançamento das novas publicações como as séries técnicas e livros. "Ao trazer a sociedade para dentro da Unidade, em especifico a comunidade acadêmica, no intuito de aproximação, para conversar com os pesquisadores, acreditamos na circulação, popularização das informações e conhecimentos especializados aqui gerados", acrescentou. Os eventos VII Encontro do Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade Tropical (PPGBio) e II Simpósio Internacional são realizados pela Universidade Federal do Amapá (Unifap), Embrapa, Conservação Internacional e Instituto Estadual de Pesquisas Científicas e Tecnológicas (Iepa), nos dias 24 e 25/11, no auditório Marabaixo.

Repositórios digitais

No Infoteca-e (Informação Tecnológica em Agricultura) as publicações são de conteúdo técnico e todas produzidas pelos centros de pesquisa da Embrapa, como Séries Embrapa, cartilhas, livros, programas de rádio (Prosa Rural) e de TV (Dia de Campo na TV), com linguagem adaptada a diversos públicos como produtores rurais, extensionistas, técnicos agrícolas, estudantes e professores de escolas rurais. Além disso, a Infoteca-e oferece a lista completa dos centros de pesquisa da Embrapa, a quantidade de documentos disponíveis em coleções de cada uma delas, com as respectivas autorias, datas de envio e arquivos para download. 

O repositório Alice (Acesso Livre à Informação Científica da Embrapa) é onde o usuário encontra informações científicas produzidas por pesquisadores da Embrapa e editadas em capítulos de livros, artigos em periódicos indexados, artigos em anais de congressos, teses e dissertações e notas técnicas.

Outro repositório à disposição da população em geral é o Sabiia (Sistema Aberto e Integrado de Informação em Agricultura, o primeiro provedor de serviços na área de agricultura no mundo. Esta ferramenta é utilizada para busca de conteúdos resultantes da pesquisa científica em agricultura e áreas afins, abrangendo inclusive publicações de outras instituições de pesquisa nacional e internacional. "O Sabiia, na prática, é como um "funil virtual" que busca, coleta e centraliza dados de outros provedores (repositórios institucionais e temáticos, e periódicos científicos) de acesso aberto", explica Adelina Belém.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink