Laticínios Bom Gosto adquire a mineira DaMatta

Agronegócio

Laticínios Bom Gosto adquire a mineira DaMatta

Anunciada nessa terça-feira (10-07) a aquisição da mineira DaMatta pela laticínios Bom Gosto
Por:
217 acessos

A Laticínios Bom Gosto, de Tapejara (RS), anunciou nessa terça-feira (10-07) a aquisição da mineira DaMatta, produtora de lácteos e queijos especiais da cidade de Miradouro (MG). O valor do negócio não foi revelado. Com a incorporação, a empresa gaúcha vai agregar 200 mil litros por dia de captação de leite, chegando a 1,1 milhão de litros diários. O faturamento deverá crescer R$ 100 milhões, atingindo R$ 370 milhões este ano.

O presidente da Bom Gosto, Wilson Zanatta, avalia que o negócio é um passo importante na estratégia traçada de crescer no mercado do Sudeste, o maior do País. "Assim entramos no Rio de Janeiro, onde não estávamos, e passamos a ter produção em Minas Gerais, a maior bacia leiteira do País", diz Zanatta. O empresário lembra que a Bom Gosto tem como principal mercado o estado de São Paulo, onde faz 55% das suas vendas – o restante fica dividido entre os três estados do Sul. Seus principais produtos são os leites longa vida, condensado e queijos.

Fundada em 1993, a Bom Gosto tem experimentado um crescimento vertiginoso nos últimos anos. Em 2000 a receita da companhia era de apenas R$ 4,5 milhões e ano passado bateu na casa dos R$ 213 milhões. "Aproveitamos oportunidades com a aquisição de pequenas bacias e conquista de mercado. Além disso sou técnico e produtor", diz Zanatta. Segundo ele, a Bom Gosto vai perseguir o processo de expansão. Zanatta acredita na possibilidade de nova aquisição no Paraná ou em São Paulo.

Após assumir o controle da DaMatta, o projeto da empresa é investir cerca de R$ 10 milhões este ano em uma nova queijaria, ampliando a capacidade de 50 mil para 100 mil litros diários, e nas reformas do centro administrativo da empresa e do centro de distribuição localizado no Rio de Janeiro, já que o mercado fluminense é responsável por 50% das vendas do laticínio mineiro. A parte de queijos da empresa fica na cidade de Aiuruoca e produz tipos especiais como gouda, estepe, cotagge, bola e gruyére. Na parte de leite, a principal unidade se localiza em Muriaé, a cerca de 300 quilômetros tanto de Belo Horizonte quanto da cidade do Rio e de Vitória (ES).

A parte de queijos da Bom Gosto também terá atenção especial entre 2007 e 2008, recebendo investimentos de até R$ 30 milhões para dobrar a capacidade para 300 mil litros dia. "As pequenas queijarias tendem a desaparecer e os complexos maiores se fortalecer", avalia Zanatta, entendendo que a exportação de queijos pode crescer na carona das vendas externas de leite. Ele avalia ainda que, no País, o mercado de leite longa vida está saturado mas ainda existe espaço para o crescimento da venda de leite em pós e queijos.

A DaMatta, com unidades industriais em Miradouro, Muriaé e Aiuruoca, tem 25 anos de mercado, conta com uma bacia leiteira formada por 1,4 mil produtores e 300 funcionários nas suas três unidades.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink