Leilão Boa Vista e Maior chega a R$ 2,39 milhões em vendas

Agronegócio

Leilão Boa Vista e Maior chega a R$ 2,39 milhões em vendas

Destaque foi venda da mãe de Cadejo da Maior pelo valor de R$ 155 mil
Por:
563 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.

Destaque foi venda da mãe de Cadejo da Maior pelo valor de R$ 155 mil

Leilão mais esperado na Expointer, o remate das cabanhas Boa Vista, de Vacaria (RS), e Maior, de Painel (SC), alcançou o faturamento de R$ 2,39 milhões. O público lotou as arquibancadas da pista da Mangueira do cavalo Crioulo no Parque de Exposições Assis Brasil no evento que terminou com a venda de 43 lotes e mais 13 coberturas e teve média de R$ 42,31 mil por animal.

Para o proprietário da Cabanha Maior, André Souto Maior, as vendas refletiram o trabalho intenso das cabanhas em promover a alta performance em pista dos animais, o que foi demonstrado com a dobradinha de Destaque da Maior e Cadejo da Maior no Freio de Ouro 2014. "Ficamos com aquela sensação do dever cumprido e do trabalho realizado. Viemos para a Expointer, conquistamos prêmios e conseguimos fazer um grande remate. Isto brinda o trabalho que estamos fazendo", observa.

 

 
O leiloeiro e diretor da Trajano Silva Remates, Marcelo Silva, que conduziu as vendas, destaca que o leilão superou as expectativas, mas o alto faturamento não surpreendeu por causa da qualidade de performance que as duas cabanhas vem obtendo no cenário da raça Crioula. "Foi muito acima do esperado, ficamos satisfeitos com o resultado. Isto mostra que quem tem boa qualidade e animais com alta performance e tem cavalo Crioulo bom vende bem", avalia.

O destaque da noite foi a venda da égua Maravilha de Santa Angélica, mãe de Cadejo da Maior, Freio de Ouro 2013 e Freio de Prata em 2014, vendida a R$ 155 mil para Dean Jeison Eccher, da Cabanha Furna Crioula, de Rio do Sul (SC). Mas o lote mais valorizado da noite foi a venda de 50% - cinco cotas de 10% ao valor de R$ 100 mil, totalizando R$ 500 mil -  do cavalo Jogo Duro da Maior para o criador João Batista Soldera, da Cabanha São Marcos, de Tupanciretã (RS).
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink