Leilão de cafés especiais pela internet paga 1.346% mais que NY
CI
Agronegócio

Leilão de cafés especiais pela internet paga 1.346% mais que NY

Promoção é do Cup of Excellence Natural Late Harvest
Por:
O leilão dos 22 lotes vencedores do 2º Concurso de Qualidade 'Cup of Excellence Natural Late Harvest' - Edição 2012, realizado pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA, sigla em inglês), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e com a Alliance for Coffee Excellence (ACE), ocorreu na quinta-feira, dia 14 de março, por intermédio da internet.
 
Todos os cafés foram negociados e geraram uma receita total na ordem de US$ 401.870,23 (* R$ 793.693,70), a uma média de US$ 6,31 por libra peso, o que corresponde a US$ 834,69 (* R$ 1.648,51) por saca de 60 kg e representa alta de 451,84% sobre o fechamento do dia na Bolsa de Nova York (US$ 1,3965 por libra peso no contrato com vencimento em maio de 2013, o mais negociado).
 
Ao término dos negócios, o maior lance registrado foi de US$ 18,80 por libra peso (alta de 1.346,22% ante Nova York), pago pela empresa UCC Ueshima Coffee Co.,Ltd, do Japão. Esse valor equivale a US$ 2.486,97 (* R$ 4.911,77) pagos por cada uma das 21 sacas do Sítio São Joaquim, situado em Conceição das Pedras (MG), Sul de Minas Gerais. O lote rendeu um total de US$ 52.226,40 (* R$ 103.147,14) ao produtor Jesimar de Oliveira Sandi, vencedor do concurso destinado exclusivamente aos cafés naturais do Brasil.
 
De acordo com a diretora executiva da BSCA, Vanusia Nogueira, apesar do momento desfavorável no mercado, o resultado do leilão foi bom em função da qualidade superior dos lotes ofertados. "Em anos de crise nos preços do café, os grãos especiais se sobressaem pela qualidade diferenciada e, neste ano, o fator novidade também contribuiu", conta. “A novidade foi exatamente o lote do cafeicultor Jesimar de Oliveira Sandi. Sua produção e seu município nunca haviam sido representados em nenhum concurso de qualidade, o que aliou a curiosidade à qualidade desse café e gerou um excelente lance no leilão”, completa.
 
O segundo melhor valor do pregão foi pago para os grãos produzidos por José Flávio Ferraz Reis, proprietário da Fazenda JR (Junqueira Reis), em Carmo de Minas (MG). Seu lote, de 19 sacas, foi arrematado pela também japonesa Time´s Club, que pagou US$ 2.182,34 (* R$ 4.310,12) por saca, gerando um total de US$ 41.464,50 (* R$ 81.892,39). O resultado completo do leilão pode ser acessado no site da ACE.
?
Detect language » Portuguese


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.