Agronegócio

Leilão de Pepro de milho negocia 453 mil toneladas

Valor totaliza 82,38% do total do produto ofertado
Por:
1841 acessos
Foram comercializadas 82,38% das 550 mil toneladas (t) de milho ofertadas por meio de leilão de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro) nesta sexta-feira, 20 de setembro, pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). O total negociado ficou em 453 mil t do cereal. O prêmio refere-se à venda e escoamento do produto em grãos oriundos da safra 2012/2013 e 2013.


No primeiro lote do leilão foram negociadas 147,6 mil t de milho do norte de Mato Grosso, onde ficam Sinop e Alta Floresta. O valor do prêmio de abertura fechou em R$ 2,98/saca.

Já o segundo lote vindo do centro-norte do Mato Grosso, onde ficam Lucas do Rio Verde e Sorriso, foram negociadas 55,4 mil t do cereal. Os arrematantes terão direito à subvenção de R$2,7/saca.

Todo o terceiro lote foi negociado, ofertando 250 mil t do centro-norte de Mato Grosso, com prêmio de R$ 2,70/saca. A região é onde se localizam Campo Novo do Parecis e Nova Mutum.

“Já foram realizados, somente neste ano, seis leilões de Pepro de milho, totalizando a venda em 6,7 milhões de toneladas. Com o excedente de produção do cereal no estado de Mato Grosso em 2013, nada mais justo que oferecer ao produtor o direito constitucional em exercer o preço mínimo”, disse o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Neri Geller.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink