Leilões de venda de milho atenderão demanda do mercado

Milho

Leilões de venda de milho atenderão demanda do mercado

Conab poderá comercializar até 300 mil toneladas do cereal para qualquer interessado, exceto comerciantes
Por:
138 acessos

Como forma de abastecer o mercado de milho, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) poderá comercializar até 300 mil toneladas do cereal para qualquer interessado, exceto comerciantes. A primeira operação está marcada para a próxima sexta-feira (5), a partir das 9h, quando serão ofertadas 50 mil toneladas do grão. O produto tem origem no estado de Mato Grosso.

A medida visa atender, principalmente, o mercado consumidor mato-grossense, visto que o estado passa por um período de entressafra do produto. “Uma vez que a importação de milho de outros estados é economicamente inviável devido ao elevado custo de frete e preços na origem bem acima dos praticados em Mato Grosso, as associações de criadores de suínos, aves e bovinos do estado solicitaram estes leilões à Conab, até a entrada da nova safra”, explica o gerente de produtos agropecuários da Conab, Thomé Guth.

Podem participar do leilão quaisquer interessados, exceto comerciantes. Eles precisam estar devidamente cadastrados no Sistema de Cadastro Nacional de Produtores Rurais (Sican) e também na Bolsa por meio da qual pretendam realizar a operação, entre outras exigências.

As operações foram autorizadas por meio da Resolução Nº 1, de 28 de março de 2019, publicada nesta sexta-feira (29) no Diário Oficial da União (DOU).


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink