Liberados mais recursos para a agricultura familiar
CI
Agronegócio

Liberados mais recursos para a agricultura familiar

Por:

A agricultura familiar receberá mais R$ 75 milhões do governo federal para a compra de produtos da safra de verão e para o financiamento do plantio de inverno, no âmbito do Programa de Aquisição de Alimentos. A compra dos produtos dos agricultores familiares começa segunda-feira e será feita pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), com o dinheiro repassado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), informou o secretário nacional de Segurança Alimentar do MDS, José Baccarin e o diretor de Logística e Gestão Empresarial da Conab, Sílvio Porto.

Os recursos serão liberados em três etapas: R$ 35 milhões neste mês e o restante entre maio e junho. A meta do governo é atender 70 mil famílias em todo o País até dezembro, mediante a compra direta, quando o produto já foi colhido, ou pela aquisição antecipada, uma espécie de financiamento da produção. Todas as compras são feitas pelo referência, que varia conforme a região. "Estamos garantindo renda aos agricultores e possibilitando a inclusão deles no mercado", disse Sílvio Porto.

A agricultura familiar é uma das metas do MDS para este ano. "Os recursos são fundamentais para garantir renda aos pequenos agricultores, especialmente os mais pobres, e contribuir para o aumento da produção em todo o País", afirmou Baccarin. Serão contemplados pequenos produtores, assentados da reforma agrária, agroextrativistas, indígenas, quilombolas, pescadores artesanais e comunidades atingidas por barragens. O governo adquire até R$ 2,5 mil ano por agricultor. Os produtos comprados são: arroz, castanha, mandioca, feijão, milho, leite em pó, trigo, sorgo e agroindustriais.

Entre agosto e dezembro do ano passado foram investidos R$ 81,5 milhões na compra da produção de 41,1 mil famílias de pequenos agricultores. O Nordeste foi a região que recebeu o maior volume de recursos, com a liberação de R$ 31,6 milhões, enquanto no Sul foram investidos R$ 17,6 milhões. Em muitas regiões, o simples anúncio de que o governo compraria produtos agropecuários fez com que houvesse uma elevação de até 25% nos preços oferecidos aos agricultores familiares.

Os produtos comprados pela Conab podem ser utilizados nas ações do Programa Fome Zero. No ano passado, foram doadas 1,4 milhão de cestas de alimentos a famílias em situação de insegurança alimentar. Parcela significativa dessas cestas foi composta por produtos comprados de agricultores familiares. Neste ano, o governo já atendeu 126 mil famílias vítimas das enchentes.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink