Linha de suplemento Confinamix é novidade da Nutreco Fri-Ribe

Agronegócio

Linha de suplemento Confinamix é novidade da Nutreco Fri-Ribe

O objetivo é oferecer uma opção nova ao produtor brasileiro na busca por manter elevado os índices de produtividade dos rebanhos
Por: -Joana
9996 acessos
A Nutreco Fri-Ribe incorpora outra inovação a sua já ampla linha de suplementos minerais, proteinados e núcleos de aplicação exclusiva no confinamento, com o lançamento no país da linha Confinamix Grão Inteiro para dietas sem volumoso, projetando o início da safra 2011 marcada para o mês de maio.


O objetivo da empresa é oferecer uma opção nova ao produtor brasileiro na busca por manter elevado os índices de produtividade dos rebanhos em fase de engorda/terminação.

A estratégia em torno do posicionamento da nova linha Confinamix Grão Inteiro no mercado nacional levou em consideração as principais necessidades do confinamento local, que precisa promover excelência na oferta de animais diferenciados à indústria. “Para isso dispomos apenas como ferramenta da genética, boas instalações, água e suplementação nutricional adequada à prática desse sistema”, destaca Marcelo Carneiro, gerente corporativo técnico do grupo Nutreco FriRibe.

A nova linha chega ao mercado com duas formulações diferentes: Confinamix 38 Grão Inteiro, indicada para uso em rebanhos mais leves, jovens ou que chegam ao confinamento mais debilitados, e Confinamix 32 Grão Inteiro, com indicação para animais mais pesados, em fase de terminação. “Uma única dieta com apenas dois ingredientes e dispensa totalmente o uso de volumosos no confinamento bovino, esse é o Confinamix. O resultado para o produtor é uma rentabilidade maior com o uso dos nossos produtos, pela redução que pode atingir até 50% do custo fixo, que incluem as instalações e manejos envolvidos com a suplementação durante o confinamento”, explica.


A facilidade de manejo e mistura desta dieta quando comparada com dietas convencionais com a utilização de volumoso, principalmente silagem, reduz a imobilização de capital, muitas vezes, seis meses a um ano antes do inicio do confinamento para o preparo do volumoso, sem levar em conta o investimento em maquinário, combustível e mão de obra.

Na visão do gestor, o fato de o Brasil ocupar posição de destaque na exportação de carne bovina para o mundo, com volume que superou os 2,5 milhões de toneladas para 180 países em 2010, impõem sobre o setor produtivo da pecuária de corte intensiva uma carga maior de responsabilidades quanto a qualidade e o volume de carne produzida todos os anos. “A linha Confinamix Grão Inteiro da Nutreco Friribe chega para ajudar o produtor nesses quesitos, pois tem melhor capacidade de conversão, altos teores de energia e baixo consumo animal”, conclui.


O uso do confinamento ajuda o produtor a ter um menor ciclo na engorda dos animais, que podem ser abatidos em média com 24 meses, ou seja, proporciona que o dinheiro da atividade fique menor tempo imobilizado. Usando os produtos Confinamix Grão Inteiro da Nutreco Fri-Ribe produz-se um animal diferenciado para os frigoríficos, devido a maior eficiência no ganho de peso por cabeça, havendo melhor padronização e acabamento das carcaças do rebanho confinado.

As informações são da Texto Assessoria de Comunicações

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink