Live debate cadeia produtiva do sisal
CI
Imagem: Divulgação
LIVE

Live debate cadeia produtiva do sisal

O objetivo é promover a aproximação dos diferentes elos da cadeia produtiva do sisal
Por:

A Embrapa Algodão realiza no próximo dia 4 de setembro, às 9h30, uma live sobre a cadeia produtiva do sisal no Brasil, reunindo os principais representantes da cadeia produtiva da fibra. “O objetivo é promover a aproximação dos diferentes elos da cadeia produtiva do sisal e contribuir para o reordenamento desta cadeia produtiva, desde o seu elo primário até o mercado, partilhando meios para torná-la sustentável”, afirma o analista da Embrapa Algodão Waltemilton Cartaxo, coordenador o evento.

Entre os participantes estarão pesquisadores da Embrapa e de universidades, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, representante de empresas e associações de produtores ligados à cultura do sisal.

O cultivo do sisal (Agave sisalana) se concentra na região Nordeste, onde ocupa uma área de aproximadamente 200 mil hectares, distribuídos em 82 municípios. A maior parte da produção está na Bahia (97%) e na Paraíba (3%), onde é cultivado predominantemente por pequenos produtores. Na indústria, a fibra de sisal é convertida em fios, cordas, barbantes, tapetes e mantas. Também pode ser utilizada na fabricação de pasta celulósica de alta resistência, na indústria automotiva, na produção de móveis, eletrodomésticos e na construção civil. A live será transmitida em: youtube.com/embrapa.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink