Louis Dreyfus compra no Brasil usinas do grupo Tavares de Melo
CI
Agronegócio

Louis Dreyfus compra no Brasil usinas do grupo Tavares de Melo

A aquisição das quatro unidades industriais faz parte da decisão do grupo de investir no setor sucroalcooleiro
Por:

A Louis Dreyfus Commodities Bioenergia (LD Commodities), subsidiária brasileira do grupo francês Louis Dreyfus, anunciou nesta quinta-feira (15-02) a compra das usinas de açúcar e álcool do grupo pernambucano Tavares de Melo.

O negócio envolve as unidades produtoras Usina Estivas (RN), Agroindustrial Passa Tempo (MS) e Usina Maracaju (MS), além da destilaria de álcool Giasa (PB) e a Usina Esmeralda (MS), que está começando a ser construída, informou a companhia num comunicado.

"A aquisição das quatro unidades industriais faz parte da decisão do grupo de investir no setor sucroalcooleiro, principalmente diante das projeções de alta demanda de etanol nos mercados doméstico e internacional", disse o diretor-executivo da empresa, Bruno Melcher, na nota.

A companhia informa que, com a compra, passa a ser o segundo maior produtor de açúcar e álcool do Brasil, dobrando já em 2007 a capacidade de processamento de cana, para 11,8 milhões de toneladas de cana. Em 2009, o volume subirá para 18,5 milhões de toneladas.

Não foram divulgados detalhes financeiros da negociação. A LD Commodities já opera no Brasil com três usinas -- a Cresciumal (SP), a Luciânia (MG) e a São Carlos (SP).

Para o grupo Tavares de Melo, que também atua nas áreas de embalagens, calçados, logística, e armazenagem e distribuição de combustíveis, a venda das usinas faz parte de "um realinhamento de negócios".

"Após décadas de relacionamento comercial entre os grupos, a parceria continuará por meio do arrendamento de terras para plantação de cana, já que as propriedades agrícolas não foram incluídas na negociação", afirmou o diretor-presidente Carlos Tavares de Melo, ainda segundo o comunicado.

O grupo Louis Dreyfus é um dos maiores a operar no Brasil, mantendo atividades também na área de grãos --com três esmagadoras de soja--, suco de laranja e algodão, entre outras. O faturamento do grupo foi de 1,9 bilhão de dólares em 2006.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink