Lucas (MT) destinará 7 mil hectares para o algodão

Agronegócio

Lucas (MT) destinará 7 mil hectares para o algodão

Lucas do Rio Verde deve manter sua área na safra 2006/07
Por: -Tania Rauber
2 acessos

Apesar da estimativa de crescimento na área destinada ao plantio do algodão no Mato Grosso, feita pela Conab, Lucas do Rio Verde deve manter sua área na safra 2006/07. O município, que é campeão nacional na produção de milho safrinha e o sexto maior produtor de soja do país, deve cultivar aproximadamente 7 mil hectares da pluma. A projeção é do Sindicato Rural.

A melhora nos preços do produto no âmbito dos mercados interno e externo, tendo em vista que a produção mundial da safra 2006/07 está estimada em volumes inferiores à demanda, com a conseqüente redução nos estoques de passagem, pode resultar no crescimento de até 30% na produção da pluma no Estado.

As previsões favoráveis para as condições climáticas também devem motivar a produção. Os números mantém Mato Grosso como maior produtor de algodão do país, com 432 mil hectares plantados e produção de 657 mil toneladas da pluma. Em 2005 o Estado plantou 357 mil hectares e colheu cerca de 616 mil toneladas da pluma.

Em Sinop o quadro não é diferente. Segundo o Sindicato Rural, quem já planta algodão há anos e fez investimentos em suas lavouras deve manter as áreas destinadas ao plantio, mas não há previsão de abertura de novas áreas.

O plantio de algodão sequeiro começa em dezembro. Já da safrinha será feito logo após a colheita da soja, em fevereiro.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink