Maior oferta pressiona cotações do tahiti em SP

COTAÇÕES

Maior oferta pressiona cotações do tahiti em SP

Agentes consultados pelo Cepea, no entanto, indicam que a maior parte das frutas disponibilizadas ainda são miúdas
Por:
61 acessos

A maior entrada de lima ácida tahiti no mercado de mesa paulista tem pressionado as cotações da variedade. Enquanto no início de novembro a fruta era negociada por volta de R$ 100,00/cx, nesta semana, caiu para R$ 60,00/cx. De segunda a quinta-feira, a tahiti no mercado paulista registra média de R$ 60,38/cx de 27 kg, colhida, queda de 30,3% frente à da semana anterior.

Agentes consultados pelo Cepea, no entanto, indicam que a maior parte das frutas disponibilizadas ainda são miúdas. No intuito de aproveitar os altos patamares, muitos produtores consultados pelo Cepea colheram antecipadamente a produção. Para as próximas semanas, a expectativa é de que mais frutas atinjam o tamanho e a coloração ideais para comercialização.

O crescimento da oferta também deve favorecer as exportações, que estavam lentas desde julho, devido à elevação dos valores da tahiti no mercado doméstico e à baixa disponibilidade de frutas no padrão demandado pelo mercado internacional.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink