Mais de 1 milhão de hectares de soja afetados no Paraguai

PRODUTIVIDADE

Mais de 1 milhão de hectares de soja afetados no Paraguai

"Eu estimo que pelo menos os lotes semeados em setembro foram todos atingidos"
Por: -Leonardo Gottems
2052 acessos

A baixa produtividade da soja acabou afetando um total de 1.300.000 hectares da oleaginosa no Paraguai. De acordo com o especialista Luiz Fernando Pacheco, analista da T&F Consultoria Agroeconômica, o rendimento no ano passado foi de 2,7 Toneladas por hectare e este ano atingem apenas 1,5 e 1,8 toneladas. 

Segundo Pacheco, esses dados foram fornecidos pelo produtor Hermes Aquino, presidente do Coordenador Agrícola do Paraguai (CAP), subsidiária de Caaguazú. “A reclamação dos produtores continua sendo o baixo rendimento que está ocorrendo nesta safra de soja”, indica. 

Para Aquino, “o dano é grande. Eu estimo que pelo menos os lotes semeados em setembro foram todos atingidos. Está havendoum grande dano. A seca provocou baixo desempenho. Estamos falando de nada mais e nada menos que 1.300.000 hectares em nível de país. Os primeiros foram os mais afetados pelo mau desempenho". 

Nesse cenário, ele observou que os danos à produção de soja estão entre 36% e 37% da área semeada. “Ele lembrou que, na safra do ano passado, alcançou produtividade de 2,7 e 2,8 toneladas por hectare de soja e este ano, devido ao efeito das condições climáticas, fica entre 1,5 e 1,8 tonelada por hectare”, completa Pacheco. 

"Se a safrinha for bem, vamos conseguir o desempenho do ano passado, mas sabemos o desempenho da safrinha não é o mesmo. Vamos ver a influência que terão os desdobramentos do clima para a cultura. Mas, em geral, ele não está pintando bem. O preço está baixo e isto não é uma boa perspectiva”, finaliza o produtor.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink