Mais rigor com os ovinos

Agronegócio

Mais rigor com os ovinos

Por:
211 acessos

Os ovinos da raça Texel presentes nesta Expointer tiveram de atender exigências adicionais de admissão para comprovar que são naturalmente carniceiros e acabar com os questionamentos de concorrentes sobre a alta aptidão da raça no Estado. Além da ultrassonografia de posteriores, pela primeira vez foi exigida ultrassonografia do olho de lombo, parâmetro técnico para auxiliar na seleção de animais pelos investidores. Segundo o presidente da Brastexel, Ênio Müller, futuramente a associação exigirá o antidoping pelo menos dos grandes campeões, um adicional de comprovação de qualidade técnica. Mas, para isso, é preciso uma autorização do Ministério da Agricultura. Neste ano, outra exigência busca qualificar a avaliação: que os animais tenham no máximo um centímetro de espessura de lã para facilitar o julgamento.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink