Mapa concede mais apoio aos citricultores

Agronegócio

Mapa concede mais apoio aos citricultores

Os leilões de Pepro aconteceram em SP, RS e MG
Por:
448 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.
O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), por meio da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), promoveu nesta terça-feira (30) leilões de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro) de laranja para São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul e Minas Gerais. O objetivo foi incentivar e apoiar a comercialização de 5,660 milhões de caixas de 40,8 kg de laranja in natura da safra 2014.

Em São Paulo a procura foi de 2,9 milhões de caixas das 5 milhões de caixas ofertadas. No Paraná foram arrematadas 131,5 mil caixas das 360 mil colocadas à disposição. No Rio Grande do Sul foram comercializadas 61 mil caixas de 150 mil oferecidas. E a procura em Minas Gerais foi de apenas 3,5 mil, de um total de 150 mil caixas. Essas operações de Pepro de laranja envolveram cerca de R$ 4,832 milhões.

Até o momento, desde o início das operações, foram realizados 4 leilões para laranjas de São Paulo, num total ofertado de 17 milhões de caixas, das quais foram arrematadas 12,66 milhões de caixas; o estado do Paraná foi contemplado com 1,08 milhão de caixas (602 mil arrematadas) em 3 operações; para o Rio Grande do Sul foram feitos dois leilões e ofertadas 300 mil caixas (148 mil arrematadas). O estado de Minas Gerais foi amparado pela primeira vez nesta safra, mas o interesse foi muito baixo, com apenas 3,5 mil caixas comercializadas.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink