Mapa discute uso assistido de formicidas em audiência pública

Agronegócio

Mapa discute uso assistido de formicidas em audiência pública

A convenção, que ocorrerá em Genebra (Suíça), de 4 a 8 de maio, vai estabelecer a eliminação de pesticidas e de sub-produtos orgânicos utilizados na agricultura brasileira
Por:
493 acessos

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) é contrário à inclusão da sulfluramida na pauta da Convenção de Estocolmo sobre Poluentes Orgânicos Persistentes, até que se encontrem alternativas técnicas eficientes, econômicas e adequadas para a substituição.

Este posicionamento foi defendido pelo diretor do Departamento de Fiscalização de Insumos Agrícolas da Secretaria de Defesa agropecuária (SDA/Mapa), Girabis Evangelista Ramos, nesta terça-feira (14), em audiência pública promovida pela Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados.

A convenção, que ocorrerá em Genebra (Suíça), de 4 a 8 de maio, vai estabelecer a eliminação de pesticidas e de sub-produtos orgânicos utilizados na agricultura brasileira, como a sulfluramida que compõe iscas formicidas fabricadas para o controle de formigas cortadeiras do gênero atta (saúvas) e acromyrmex (quenquéns), que causam graves danos à agricultura nacional.

De acordo com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), as perdas com as formigas cortadeiras chegam a 3,2 toneladas de cana-de-açúcar por hectare. Um prejuízo de R$ 640,00/hectare em cana planta. As formigas cortadeiras provocam diminuição da fotossíntese e a planta chega a sucumbir em razão da intensa desfolha.

A audiência foi solicitada pelo deputado Moacir Micheletto (PMDBV/PR), para avaliar a posição do Brasil na próxima reunião da convenção. Participaram da audiência representantes dos ministérios da Agricultura, Relações Exteriores, Meio Ambiente e das confederações e associações de produtores.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink