Mapa divulga nota sobre irregularidades na produção de leite em MG

Agronegócio

Mapa divulga nota sobre irregularidades na produção de leite em MG

O Ministério da Agricultura apóia integralmente a ação da Polícia Federal em cooperativas produtoras de leite em MG levada a público
Por:
224 acessos

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) apóia integralmente a ação da Polícia Federal em cooperativas produtoras de leite em Minas Gerais levada a público nessa segunda-feira (22-10). As adulterações no leite foram identificadas graças a análises de laboratórios oficiais do Mapa.

Quatro técnicos do Laboratório Nacional Agropecuário (Lanagro) de Pedro Leopoldo (MG) foram convocados, na última quinta-feira, para acompanhar a “Operação Ouro Branco”, coletar amostras e avaliar as condições de produção do leite em diversos estabelecimentos próximos às cidades mineiras de Uberaba e Passos. O Lanagro – MG também será responsável por analisar as amostras colhidas nas indústrias durante a operação. Ainda não há previsão de quando esses resultados ficarão prontos.

O Mapa tem intensificado a fiscalização da cadeia produtiva do leite. Além das análises rotineiras, foram investidos, este ano, mais de R$ 2,5 milhões para incrementar as análises do produto em mais de doze projetos diferentes, em laboratórios oficiais de todo o país. O Departamento de Fiscalização de Produtos de Origem Animal (DIPOA) conta com 1,3 mil fiscais federais agropecuários, que fiscalizam os 212 estabelecimentos produtores de leite e derivados no país.

Entre janeiro de 2003 e agosto de 2007, foram analisadas 4 mil amostras de leite no Brasil. Com base nessas análises, foram apreendidas, nesse período, mais de 5 mil toneladas de produtos lácteos que apresentavam não conformidades. Em relação ao funcionário do Serviço de Inspeção Federal (SIF) que foi detido pela Polícia Federal, o Mapa adotará as medidas legais de sua competência.

Fiscalização:

No Brasil, a fiscalização dos produtos agropecuários é feita em duas instâncias: uma em seus locais de produção e beneficiamento, por meio dos fiscais federais agropecuários com o suporte da rede oficial de laboratórios do Mapa, que realizam análises para auxiliar a verificação e validação dos procedimentos de inspeção. A qualidade dos alimentos não é garantida laboratorialmente, mas por meio da fiscalização dos produtos ao longo de toda a cadeia produtiva. De acordo com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), foram produzidos, em 2006, 25 bilhões de litros de leite. A expectativa para este ano é que sejam produzidos 26,1 bilhões de litros.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink