MAPA visa a melhoria da qualidade e segurança do leite
CI
Agronegócio

MAPA visa a melhoria da qualidade e segurança do leite

Primeiro edital vai atender os estados do RS, PR, SC, GO, MG e MT
Por:

Melhorar a qualidade e a segurança do leite ao longo de todo o sistema produtivo do produto. Essa é a proposta do edital lançado pela Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SDC/Mapa), que visa, entre outros pontos, assessorar e capacitar os produtores rurais na estruturação da unidade de produção, especialmente na implementação de boas práticas agropecuárias.

Nas boas práticas agropecuárias estão incluídos o controle permanente da qualidade da água da propriedade rural, o registro e o acompanhamento de dados e dos procedimentos realizados na propriedade, o adequado armazenamento e transporte de matérias-primas, insumos e alimentos, a garantia da rastreabilidade dos animais e dos produtos originados na propriedade, a higiene e os procedimentos adequados de ordenha e pós-ordenha, a higiene, a limpeza, a manutenção e o dimensionamento adequados dos equipamentos de ordenha e de refrigeração do leite, a identificação, o registro e a segregação de animais sob tratamento veterinário ou pastagens sob uso de agrotóxicos, o manejo adequado de bezerras na propriedade rural, entre outros itens.

Para este primeiro edital serão disponibilizados R$ 25,6 milhões para os estados do Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, Goiás, Minas Gerais e Mato Grosso, que foram escolhidos levando-se em consideração o Índice de Produção de Leite. Nos próximos editais, outras regiões podem ser beneficiadas, sendo que, o objetivo é incluir as principais regiões produtoras de leite do país nos projetos de boas práticas agropecuárias e capacitação.

Podem se inscrever instituições privadas sem fins lucrativos até o dia 15 de agosto de 2014. Os resultados preliminares serão divulgados no dia 29 de agosto e o resultado final está previsto para o dia 9 de setembro. Os projetos devem ser enviados para o Ministério da Agricultura por meio do endereço que está no edital.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink