Margens em recuperação possibilitam pagamentos maiores pela arroba do boi gordo

Agronegócio

Margens em recuperação possibilitam pagamentos maiores pela arroba do boi gordo

As recentes melhoras das margens de comercialização, deram certo fôlego para que os frigoríficos paguem mais pela arroba do animal.
Por:
262 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.

As recentes melhoras das margens de comercialização, em função das altas para a carne bovina no mercado atacadista, deram certo fôlego para que os frigoríficos paguem mais pela arroba do animal terminado.

Além disso, os estoques diminuíram e isso resultou em maior corrida pela matéria-prima.

A disponibilidade de animais terminados é limitada, devido à entressafra. As programações de abate das indústrias continuam curtas, com exceção daquelas que possuem boiadas próprias, termo ou parcerias. De maneira geral, grande parte das indústrias ainda trabalha com ociosidade elevada.

Apesar do escoamento da produção ainda estar lento, a redução dos abates fizeram com que os estoques estejam enxutos.

Em curto prazo, a expectativa é de que as margens em recuperação possam possibilitar pagamentos maiores pela arroba.
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink