Mato Grosso deve exportar 17,6 milhões de toneladas de soja no ano que vem, prevê IMEA

Soja

Mato Grosso deve exportar 17,6 milhões de toneladas de soja no ano que vem, prevê IMEA

A expectativa de oferta para 17/18 sofreu leve redução visto a alteração na expectativa de estoques finais da safra 16/17
Por:
42 acessos

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) divulgou, nesta segunda-feira, a 3ª estimativa de oferta e demanda da soja em grão para o Estado. Segundo o relatório, a expectativa de uma grande competitividade da soja mato-grossense no próximo ano ainda se mantem e são projetadas quantidades elevadas de exportação, de 17,6 milhões de toneladas em 2018.

Conforme o instituto, para a safra 2017/18, a expectativa de oferta sofreu leve redução visto a alteração na expectativa de estoques finais da safra 16/17. “Assim, com a manutenção da produção em 30,58 milhões de toneladas, a previsão da oferta para 2018 ficou em 30,97 milhões de toneladas”.

Em relação ao esmagamento, o Imea aponta que “ainda permanece o sentimento de recuo em relação a este ano, mas ainda assim, com patamares elevados, próximos a 9,01 milhões de toneladas”. E os envios de soja em grão a outros estados tendem a ficarem próximos aos observados em 2016 e 2017, com 4,2 milhões de toneladas.

De acordo com o Imea, “em virtude da perspectiva de demanda firme, pautada na expectativa de grandes volumes exportados”, são esperados estoques ao fim de 2018 na ordem de 200 mil toneladas.

Safra 2016/17 – O Imea prevê que as exportações devem chegar a 17,74 milhões de toneladas, aumento de 16,51% ante a 2015. Segundo o instituto, as justificativas para estes reajustes se fundamentam principalmente pelo ritmo forte dos envios, que até o mês de setembro, superaram as 17,44 milhões de toneladas.

Ainda de acordo com o Imea, as baixas gradativas que a margem bruta dos últimos meses e também as possíveis pausas em algumas empresas que ainda não realizaram suas manutenções pautaram a revisão na projeção no esmagamento para 9,08 milhões de toneladas, retração de 0,8% ante a segunda estimativa, mas ainda com aumento de 10,4% em relação a 2015.

“Com o rearranjo na expectativa de exportação e esmagamento, espera-se um envio de soja em grão a outros estados próximo ao ano passado, agora estimado em 4,2 milhões de toneladas. Desta forma, com a manutenção da previsão de oferta de soja em grão para 2017 em 31,4 milhões de toneladas e expectativa de uma demanda de 31,01 milhões de toneladas, os estoques finais para este ano ficaram em 390 mil toneladas.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink