McDonald's anuncia compra de carne sustentável de Mato Grosso

Agronegócio

McDonald's anuncia compra de carne sustentável de Mato Grosso

Escolha de começar por Mato Grosso é decorrente ao Programa Novo Campo
Por:
225 acessos

Escolha de começar por Mato Grosso é decorrente ao Programa Novo Campo

A Arcos Dourados, divisão brasileira da Arcos Dorados – empresa que administra a marca McDonald's em 20 países da América Latina – anunciou a compra de carne bovina produzida em áreas com práticas sustentáveis nesta quarta-feira, 17 de agosto. A primeira remessa de carne será proveniente do Programa Novo Campo, que fica em Alta Floresta, região norte de Mato Grosso. O projeto inicia com a compra de 250 toneladas por ano, com perspectiva de ampliação.

Em entrevista exclusiva ao Agro Olhar o diretor de Sustentabilidade da Arcos Dorados, Leonardo Lima, explica que a escolha de começar por Mato Grosso a aquisição de carne bovina proveniente de áreas sustentáveis da Amazônia é decorrente ao Programa Novo Campo. Ele destaca que a pecuária mato-grossense avançou muito nos últimos anos.

“Mato Grosso é um Estado super parceiro. Estamos começando a compra por ele diante esse projeto. Mato Grosso é um grande produtor e esperamos que esse projeto influencie outras idealizações em outros Estados, inclusive”, afirmou Leonardo Lima.

Questionado sobre o fato de Mato Grosso ser considerado o maior desmatador do Brasil, o diretor da Arcos Dorados, salienta que um dos aspectos do Programa Novo Campo é a “eliminação do desmate e poder ampliar a produção e ganhos e ao mesmo tempo preservar e recuperar outras áreas”.

“O programa mostra que é possível produzir mais em menos. E, é isso o que estamos vendo em Mato Grosso de alguma forma”, pontuou ao Agro Olhar por telefone. Leonardo Lima frisa que a empresa tem orgulho em ser a pioneira em mais um avanço sustentável, em especial em contar com o apoio de parceiros e do Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável (GTPS).

O Programa Novo Campo foi lançado em 2012 como uma iniciativa da ONG Instituto Centro de Vida (ICV). O objetivo do projeto era ajudar a controlar o desmatamento em Alta Floresta, hoje o maior polo da pecuária mato-grossense na região norte do Estado, que era tido como um dos maiores desmatadores.

O projeto desenvolvido pelo ICV, que é responsável pelo monitoramento das práticas, é realizado em conjunto com a empresa Pecuária Sustentável da Amazônia (Pecsa), responsável por captar recursos financeiros e implantar as boas práticas nas fazendas. O programa tem a JBS como parceira, garantindo a compra e o processamento da carne bovina. Mato Grosso é hoje o maior produtor de gado do Brasil com aproximadamente 29,5 milhões de cabeças.

O coordenador da Iniciativa de Pecuária Sustentável do ICV, Francisco Beduschi, pontua que os esforços serão voltados agora para a consolidação dessa cadeia de pecuária sustentável. "Atuaremos diretamente no monitoramento dos requisitos legais, produtivos, ambientais e sociais, bem como dos compromissos assumidos por todos os envolvidos, para o estabelecimento de uma pecuária sem desmatamento. Assim, garantimos a segurança e a confiança necessárias para agregarmos parceiros de todos os elos da cadeia produtiva, como aconteceu com o McDonald's, que compartilham desse mesmo objetivo", declarou em nota.

Para o diretor executivo da Pecsa, Vando Telles, a parceria com o McDonald's "é muito promissora, pois é uma empresa líder de mercado que está se colocando para ser parte da solução da cadeia da pecuária. Isso abre um caminho que outros grandes compradores de carne poderão seguir".

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink