MDA realiza capacitação da Rede Brasil Rural em Goiás
CI
Agronegócio

MDA realiza capacitação da Rede Brasil Rural em Goiás

Mais de 30 cooperativas do estado de Goiás participaram da capacitação realizada nesta segunda-feira
Por:
Mais de 30 cooperativas do estado de Goiás participaram da capacitação realizada nesta segunda-feira (13) para uso da Rede Brasil Rural, ferramenta criada pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) para incentivar a organização produtiva e impulsionar a comercialização dos produtos oriundos da agricultura familiar. O MDA iniciou a capacitação para cooperativados e agricultores familiares na semana passada, na Bahia – por ser o estado com maior número de estabelecimento de agricultura familiar –, passando depois por Santa Catarina e Minas Gerais (veja programação abaixo).


“Em 2012, ano internacional do cooperativismo, a iniciativa do MDA de lançar a Rede Brasil Rural é de grande importância para a organização produtiva da agricultura familiar, com mecanismos que incentivam a comercialização, a logística, acesso a crédito e mercados institucionais. Estamos trabalhando para a cada dia construir políticas públicas que fortaleçam os agricultores e agricultoras”, afirma o secretário de Desenvolvimento Territorial do ministério, Jerônimo Rodrigues, destacando a importância do acesso a assistência técnica e extensão rural (Ater) qualificada e continuada.

O delegado federal do MDA no estado, Otacílio Teixeira, destacou a força da agricultura familiar em Goiás. “Dentro do Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) tivemos o investimento de mais de R$ 420 milhões na safra 2010/11 para atender os mais de 300 mil agricultores familiares no estado”, contou.

Para a agricultora familiar e integrante da Cooperativa de Produção da Agricultura Familiar do Sudoeste Goiano (Coopfaz), Lazara Souza, a expectativa com a Rede Brasil Rural é grande. “Pelo que pude ver na apresentação de hoje, vai ajudar muito no processo de divulgação dos produtos da agricultura familiar, na comercialização e na compra dos materiais que a gente precisa pra produzir”, enumerou.


Marco legal
“Queremos impulsionar o desenvolvimento da rede e a agricultura familiar em Goiás, somos parceiros desta iniciativa que vai auxiliar a organização produtiva e impulsionar a comercialização”, afirmou Antenor Nogueira, da Agência Goiana de Defesa Agropecuária de Goiás (Agrodefesa).

Sobre o tema das barreiras sanitárias, Nogueira destacou que o estado vem desenvolvendo um esforço para permitir a comercialização de produtos oriundos da agricultura familiar. “Estamos trabalhando na constituição de um marco legal para garantir a ampla comercialização desses produtos”, garantiu.

O Superintende do Incra/GO, Jorge Tadeu, lembrou que o incentivo à organização produtiva é fundamental para a superação da pobreza. “As ações do governo federal têm sido importantes na garantia de segurança alimentar, com incentivos para a agricultura familiar e os assentados da reforma agrária, criando as condições para a dinamização econômica do campo”, disse.


Dalmo Modesto, presidente da União Nacional das Cooperativas de Agricultura Familiar e Economia Solidária de Goiás (Unicafes/GO), salientou a importância de políticas públicas que impulsionam a organização produtiva da agricultura familiar. “Com o apoio de políticas como o PAA e o PNAE é possível desenvolver a agricultura familiar, o que é fundamental para garantir a soberania alimentar e renda no campo”, declarou.

Para Nivaldo Alves, diretor de Assistência Técnica e Extensão Rural da Emater/GO, o grande diferencial da Rede Brasil Rural é a capacidade de ampliar os canais de comercialização para os produtos oriundos da agricultura familiar. “Temos compromisso com o desenvolvimento da agricultura familiar e queremos ser parceiros da Rede Brasil Rural”, concluiu.

Agricultura Familiar em Goiás
Segundo dados do Censo Agropecuário de 2006, existem no estado de Goiás 88 mil estabelecimentos de agricultura familiar, correspondente a 65% dos estabelecimentos do estado e a mais de 50% da ocupação de mão de obra no campo. Em Goiás, a agricultura familiar é responsáveis pela produção de 46% do arroz e 67% da mandioca.


Rede Brasil Rural
A Rede Brasil Rural foi lançada em dezembro do ano passado em Porto Alegre, num evento que contou com a participação da presidenta Dilma Rousseff e do ministro Afonso Florence. “O objetivo da RBR é reduzir o preço do produto para o consumidor final e aumentar a renda dos agricultores por meio de ganhos de eficiência em cada etapa da cadeia produtiva, preservando a identidade da agricultura familiar”, disse o ministro Florence na ocasião. A rede conta com a cooperação do BNDES como agente financiador, e com a parceria dos Correios.

O castramento das cooperativas na Rede Brasil Rural, que ocorre desde 13 de dezembro de 2011, acontece até 5 de março deste ano. A partir do dia 6 março, a RBR estará disponível usuários de todo o Brasil.

Agenda de Oficinas estaduais da Rede Brasil Rural

Confira a programação de capacitação e o cadastramento de cooperativas na Rede Brasil Rural:

Rio Grande do Sul
Pelotas 28/02
Santo Augusto 29/02
Sarandi 01/03
Erechim 02/03

Minas Gerais
Belo Horizonte 13/02 a 15/02

Paraná
Curitiba 16/02

São Paulo
São Paulo 23/02

Ceará
Fortaleza 29/02 a 01/03

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.