Mercado da soja parado no início da semana
CI
Imagem: Divulgação
COTAÇÕES

Mercado da soja parado no início da semana

Em Santa Catarina as ofertas são viáveis, mas não existem negócios
Por: -Leonardo Gottems

Como de costume, a semana começou lentamente com pequenas quedas nos valores e com poucos negócios no mercado da soja do Rio Grande do Sul, de acordo com a TF Agroeconômica. “A colheita de soja de todo o Rio Grande do Sul está consideravelmente atrasada, chegando apenas agora próxima dos 60%”, comenta. 

“Isso faz com que toda a atenção dos produtores esteja voltada para os campos, deixando assim o mercado bem pouco movimentado. Além disso, as tradings estão bem compradas para julho, buscando alguns volumes apenas para junho e pagando R$172,00. Segundo informantes, a maior parte do pouco movimento ocorreu apenas próximo do fechamento, quando o dólar atingiu R$5,74”, completa. 

Em Santa Catarina as ofertas são viáveis, mas não existem negócios. “No dia de hoje o mercado indicou tomadores a até R$174,00. No entanto os negócios não foram feitos. Após a queda de Chicago, compradores ofereceram R$172,50, mas isso obviamente também não rendeu negócios, pois os preços de pedidas foram mantidos em seu estado anterior”, indica. 

O Paraná tem o mercado “morto”, segundo a consultoria. “As indicações de soja não tiveram mudanças no dia de hoje, sem negócios reportados. O comprador buscava pagar no máximo R$173,00 pela saca, mas os menores valores oferecidos estavam em R$174,00 com a maioria querendo R$175,00. Os fretes continuam baixando com a proximidade do fim da colheita de soja e milho. A soja está basicamente finalizada a essa altura”, afirma. 

Ao encontro disso, o Mato Grosso do Sul tem quedas consideráveis de quase 2% nos preços. “A colheita terminada e a queda no preço dos fretes deveria significar uma melhora nas movimentações do mercado do Mato Grosso do Sul. No entanto as coisas não vão bem e hoje nenhum volume foi negociado”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink