Mercado de Commodities - Soja começou a semana em baixa
CI
Agronegócio

Mercado de Commodities - Soja começou a semana em baixa

Análise por Gilda M.Bozza, economista DTE/FAEP
Por:
por Gilda M.Bozza, economista DTE/FAEP

O mercado internacional da soja começou a semana em baixa pelo movimento de realização de lucros e também por conta do mau humor no mercado financeiro, com os investidores procurando abrigo no dólar (aversão ao risco).  O fato que provocou o mau humor no mercado financeiro foi o plano de ajuda ao Chipre, somando 10 bilhões de euros e que na prática não agradou ao mercado.

Notícias de que a China teria cancelado a compra de 2 milhões de toneladas de soja brasileira, haja vista o atraso provocado pela infraestrutura brasileira e com um total de 96 navios ao largo do Porto de Paranaguá, o escoamento da safra recorde da brasileira de soja corre sérios riscos.

Mais um fator vem somar-se ao quadro geral, uma vez  que há possibilidade de que dívidas trabalhistas possam vir a ameaçar o embarque de soja no Porto de Paranaguá, isto porque paira no ar uma ameaça de paralisação geral.

Com isto, os preços operam em baixa pelo quinto dia consecutivo, com os contratos para maio/13 negociados a US$ 31,07 por saca, correspondente a R$ 61,80 por saca.
No mercado doméstico, o avanço da colheita no Paraná pressiona os preços internos.   Preço médio estadual de R$ 53,01 por saca.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.