Mercado de Commodities
CI
Agronegócio

Mercado de Commodities

Nesta quinta-feira (04), na Bolsa de Chicago, os preços da soja reagiram e registraram alta
Por:
Por *Gilda M. Bozza - Economista DTE/FAEP
 
Nesta quinta-feira (04), na Bolsa de Chicago, os preços da soja reagiram e registraram alta. A volta dos investidores para a compra, haja vista os preços oferecidos, devolveu força aos contratos futuros alavancados pelas exportações norte-americanas que somaram 1.269.600 toneladas, cfe. Safras & Mercado.

A demanda ainda não sinaliza retraimento e o quadro mundial ajustado de oferta e demanda é preocupante (fatores fundamentais).

Os futuros para novembro/12 fecharam cotados a US$ 34,20/saca, equivalente a R$ 69,04/saca, recuperação de US$ 0,43/saca sobre o preço da quarta-feira (US$ 33,77/saca). Para março, o referencial foi de US$ 33,47 por saca.

No mercado do milho, o dia foi de reação, alavancado pela perspectiva de oferta ajustada e pelo desempenho dos demais mercados. Com isso, os futuros para dezembro/12 fecharam a US$ 17,88 por saca, correspondente a R$ 36,09 por saca. Já os contratos para março/13 foram igualmente cotados a US$ 17,88 por saca.

O mercado do trigo fechou em baixa, pressionado pela fraca demanda pelo trigo norte-americano. Os futuros dezembro fecharam a US$ 19,13 por saca.

No mercado paranaense, o preço médio a soja, calculado pela SEAB foi de R$ 67,92 por saca, recuperação de R$ 0,34/saca relativamente ao preço da quarta-feira (R$ 68,58/saca). Para o milho a média diária foi de R$ 24,29 por saca e para o trigo, preço médio de R$ 34,15/saca.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink