Mercado de flores cresce em 2021
CI
Imagem: Eliza Maliszewski
RECUPERAÇÃO

Mercado de flores cresce em 2021

Setor tem boas perspectivas para o próximo ano
Por: -Eliza Maliszewski

O Ibraflor – Instituto Brasileiro de Floricultura – estima o crescimento médio de 15% em 2021, considerando as variações por segmento (flores de corte, em vaso, plantas verdes e suas inúmeras variedades, além de produtos para paisagismo). O resultado positivo, sem os sobressaltos de 2020, deve-se a diversos fatores, inclusive à retomada, ainda lenta e gradual, dos casamentos, festas em geral e eventos no segundo semestre deste ano. O mercado de decoração representa cerca de 30% das vendas da floricultura nacional.

De acordo com o diretor do Ibraflor, Renato Opitz, as previsões para 2022 também são otimistas. “Esperamos um crescimento de 12% sobre 2021, mas que dependerá muito da situação econômica do país”, explica. Ele credita os bons resultados do mercado como um todo a um grande ganho da floricultura nacional em eficiência este ano graças, principalmente, às melhorias na comercialização, na cadeia do frio e na logística. Os resultados foram a redução do tempo que as flores e plantas levam para percorrer o trajeto entre o produtor e o consumidor, com a consequente diminuição das perdas e dos desperdícios.

“Os principais mercados investiram em tecnologia e em infraestrutura, facilitando as atividades comerciais e operacionais dos atacadistas e varejistas, que passaram a ter mais opções de horários para compras e carregamento dos produtos adquiridos”, analisa.

Retomada

A pandemia da covid-19 afetou muito o mercado de plantas e flores ornamentais nos primeiros meses, em 2020. “O começo da pandemia foi muito difícil, pois quando tudo parou, ninguém sabia o que iria acontecer. No entanto, aos poucos, o mercado foi retomando. As pessoas, permanecendo mais tempo em casa, passaram a utilizar mais as flores e plantas para decorar os ambientes, deixando-os mais verdes, mais bonitos e mais perfumados. Isso alavancou o crescimento do mercado das plantas verdes e das flores em vaso. Já as flores cortadas, utilizadas na decoração de casamentos e formaturas, entre outras festas, sofreram um grande baque em 2020 e continuaram sofrendo em 2021”, lembra.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.