Agronegócio

Mercado de fungicida contribui com produtividade da soja

A disponibilidade do produto de contato para o tratamento de sementes é satisfatória
Por: -Talita Ormond
29 acessos

No mercado da soja, a disponibilidade de fungicidas de contato como sistêmicos para o tratamento de sementes é satisfatória. Enquanto os fungicidas de contato protegem as sementes contra fungos de solo, os sistêmicos controlam as doenças que se encontram nas sementes. As entidades competentes sugerem que o produtor utilize misturas de fungicidas formuladas comercialmente. Se não, o produtor pode ainda realizar o tratamento utilizando-os de forma seqüencial já que foi proibida a mistura de tanque com agrotóxicos.

Os inseticidas também se apresentam como alternativa no tratamento contra o ataque de pragas, tanto no sentido de proteção no solo até a germinação, quanto das raízes e da parte aérea da planta logo após a emergência. Dessa forma, a produtividade final dificilmente será afetada.

No entanto, segundo o Boletim de Pesquisa da Soja 2006, é necessário que o produtor busque esclarecimentos acerca dos inseticidas uma vez que apenas cinco deles estão registrados no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para o tratamento de sementes de soja. Alguns deles, inclusive, podem causar decréscimos na germinação e por isso, recomenda-se o tratamento apenas na quantidade de sementes suficiente para a semeadura imediata.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink