Mercado do boi gordo perdendo o ritmo

Boi

Mercado do boi gordo perdendo o ritmo

Com a aproximação do Natal, está difícil a aquisição de boiadas e o volume de negócios diminuiu
Por:
29 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente

Com a aproximação do Natal, está difícil a aquisição de boiadas e o volume de negócios diminuiu. Os frigoríficos que precisam de bois para atender a demanda esperada para essa época do ano estão ofertando preços acima da referência.  Em São Paulo, por exemplo, a cotação subiu R$0,50/@ na última quinta-feira (20/12), um acréscimo de 0,3% na comparação dia a dia. Desde o início de dezembro a valorização foi de 2,0% no estado. 

As escalas de abate em São Paulo giram em torno de seis dias, porém, foram registradas indústrias com escalas mais curtas.  Em Goiânia-GO o cenário é o mesmo e a alta foi de 0,7%. Por outro lado, em regiões onde a oferta foi suficiente para atender a demanda, foram registadas desvalorizações. Como foi o caso de Sul do Tocantins, onde a queda foi de R$1,00/@ frente ao levantamento anterior (19/12).

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink