Mercado do milho segue em ritmo lento
CI
Imagem: Nadia Borges
CONFIRA

Mercado do milho segue em ritmo lento

No Paraná a baixa nos preços leva produtores a correr para ficar com o produto
Por: -Leonardo Gottems

No estado do Rio Grande do Sul, a colheita do milho está avançando lentamente com as chuvas, enquanto o mercado segue o mesmo ritmo, de acordo com informações que foram divulgadas pela TF Agroeconômica. “Com as quedas nas taxas de câmbio, preços de milho derreteram. Começo do dia havia ofertas a R$ 102,00 + ICMS em SC, final do dia acabaram saindo negócios a R$ 100,00 + ICMS no Rio Grande do Sul (Milho vindo do MS). As indústrias locais preferiram não dar preços, e esperar as ofertas. Preços em Panambi mantiveram-se em R$ 91,00 ao produtor. Maior parte dos compradores indicando R$ 98,00 FOB nas localidades”, comenta.

Em Santa Catarina os compradores permanecem inertes, com indicações entre R$ 96,00 a R$ 99,00. “Os compradores permaneceram inerentes ao mercado no dia de hoje em Santa Catarina, indicando preços com diferença de até R$ 5,00 por saca abaixo da oferta vendedora. Tudo indica uma antecipação nas compras, em que alguns destes afirmam, inclusive, estarem buscando ofertas somente no maio. As indicações de compra no estado estiveram entre R$ 96,00 a R$ 99,00, em que vendedores no diferido mantém as pedidas entre R$ 101,00 até R$ 103,00, e tributado a partir de R$ 100,00 por saca. Não ouvimos relatos de negócios no dia de hoje”, completa.

No Paraná a baixa nos preços leva produtores a correr para ficar com o produto, em negócios a R$ 97,00. “O penúltimo dia de negociação da semana foi mais lento do que se esperava, e grande parte das indústrias já concentram suas buscas para milho abril, onde indicam-se entre R$ 96,00 a R$ 98,00 por saca, em todo o estado. Porto diminui indicações, onde viu-se hoje R$ 96,20 em média para março; R$ 95,30 abril e R$ 95,20 maio. Negócios pontuais no oeste e nos Campos Gerais foram vistos a R$ 97,00, em volumes não informados”, conclui.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.