Mercado fecha com novos ganhos em Chicago
CI
Imagem: Nadia Borges
COTAÇÕES

Mercado fecha com novos ganhos em Chicago

“Os futuros da soja fecham a sessão do meio da semana com ganhos de 7 1/4 a 8 1/4 centavos"
Por: -Leonardo Gottems

O mercado de soja fechou com novos ganhos na Bolsa de Chicago, segundo informações dos analistas da T&F Consultoria Agroeconômica. “O impacto negativo sobre a produção é negligenciado devido ao efeito da seca e é interpretado que a estimativa da colheita deve ser ajustada. Nesse sentido, a consultoria Allendale estimou um cenário de colheita em 117 milhões de toneladas (vs. 120 milhões de tons USDA agosto)”, comenta. 

“Os futuros da soja fecham a sessão do meio da semana com ganhos de 7 1/4 a 8 1/4 centavos e perto das máximas.  Os futuros de farelo de soja devolveram os ganhos do meio-dia e fecharam em 30 a 60 centavos. Os futuros do óleo de soja estavam 55 a 65 pontos mais fortes no dia. Os futuros do grão para Jan No.2 em Dalian foram precificados em 4.435 yuan/MT, ou cerca de US$ 17,65/bu.  Isso se compara a US$ 13,65/bu do mesmo dia do ano passado, controlando as variações cambiais”, completa. 

A previsão de produção de soja da Barchart para setembro é de 50,5 bpa. “Analistas estimam que o relatório de Vendas de Exportação mostrará menos de 100 mil tons de soja reservada para entrega 2019/20. As vendas de soja nova safra estão estimadas entre 1,0 – 1,8 MT. As vendas de farelo de soja estão estimadas entre 25k e 125k tons para entrega em 2019/20 com um adicional de 50k a 250k tons para o novo ano comercial. As estimativas para as vendas de óleo de soja estão abaixo de 10k tons para ano comercial atual e 5-30k tons para o próximo”, informa. 

“O real foi na contramão de outras moedas emergentes e operou valorizada ante o dólar na tarde de hoje, após uma manhã volátil. A divisa dos Estados Unidos teve dia de valorização praticamente generalizada no mercado internacional. No mercado doméstico, porém, fechou em queda, em meio às expectativas de avanço das reformas, que cresceram após a aprovação do novo marco legal do setor de gás na Câmara ontem à noite, e as reiteradas promessas de disciplina fiscal pelo governo”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink