Mercado suíno vive semana de preços estáveis

Suínos

Mercado suíno vive semana de preços estáveis

Compradores seguem cautelosos e sem expectativa quanto a demanda do produto
Por:
63 acessos

O mercado de suínos independente registrou estabilidade nas principais praças esta semana. Segundo análise do portal Scot Consultoria, os compradores permanecem cautelosos com o mercado, visando não acumular estoques do produto. A segunda quinzena do mês permanece sem expectativas positivas quanto a demanda do produto para a consultoria.

Segundo a Associação Paulista de Criadores de Suínos (APCS), os preços para o suíno vivo foram cotados entre R$ 58,00 e R$ 60,00/@ condições bolsa, registrando a manutenção dos valores vistos na semana passada. Para o quilo do suíno vivo, as cotações fecharam entre R$ 3,10 e R$ 3,20/kg vivo. De acordo com nota da APCS, os preços se mantiveram estáveis em relação à semana anterior, mesmo com uma melhora na procura pela proteína.

Em Minas Gerais, os valores foram mantidos a R$ 3,30 para o quilo do suíno vivo, valor estabelecido entre os presentes em reunião plenária e via videoconferência. As informações são da Associação dos Suinocultores do Estado de Minas Gerais (ASEMG).

Para o mercado gaúcho, os preços ficaram estáveis, fechando a R$ 3,25 para o quilo do suíno vivo. As informações foram divulgadas pela Associação de Criadores de Suínos do Rio Grande do Sul (ACSURS).

Em Santa Catarina, os preços foram definidos em R$ 2,80 para o quilo do suíno vivo, trazendo nova semana de estabilidade nas cotações, segundo a Associação Catarinense de Criadores de Suínos (ACCS).
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink