Merial certifica fazendas através do programa Soma
CI
Agronegócio

Merial certifica fazendas através do programa Soma

As propriedades receberam um programa sanitário personalizado, além de apoio técnico
Por: -Admin

O pecuarista José Paulo da fazenda D’Affonseca Gusmão e a Agropastoril Fazendas Caramuru, clientes da Merial Saúde Animal, são os primeiros a obter a certificação Eurepgap com apoio do programa Soma, oferecido pela empresa. Por meio do programa, as propriedades receberam um programa sanitário personalizado, o Personal Vet, além de apoio técnico para adequarem-se às exigências do protocolo – que impõe normas de varejistas europeus para importação de carne bovina – e certificarem-se após as auditorias técnicas da certificadora Planejar.

Voltado para pecuaristas, gerentes, capatazes e peões, e serviço integrante do programa Soma, o Treinamento Eurepgap orienta sobre temas-chaves da certificação, como segurança alimentar e responsabilidade social e ambiental, normas de saúde e bem-estar animal. “O pessoal de campo é treinado para seguir um planejamento sanitário estratégico, manejar e aplicar corretamente produtos veterinários, além de técnicas de lida gentil e outros temas”, explica o coordenador de contas de pecuaristas da Merial, Bruno Pupin.

O administrador Décio Rother, titular das Fazendas Caramuru, conta que iniciou os trabalhos para obter o selo Eurepgap em suas propriedades há cerca de um ano. A adequação da propriedade foi orientada pela Merial, na parte sanitária, e pelo programa Friboi Quality Farms, do Grupo JBS - Friboi, nas demais exigências. “O Eurepgap é uma exigência cada vez mais presente na pecuária brasileira e uma alternativa lucrativa para o pecuarista que agrega valor ao negócio.”

José Paulo da D’Affonseca Gusmão, por outro lado, aponta que o selo Eurepgap em breve será uma exigência mínima na pecuária. “Hoje, as fazendas certificadas recebem um prêmio, porém, em pouco tempo, as que não tem certificação receberão penalizações”, afirma o pecuarista, que já espera em 2007 receita extra de R$ 150 mil com a comercialização das 5 mil cabeças que confina anualmente na cidade de Cravinhos (SP). As informações são da assessoria de imprensa da Eurepgap.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink