Mesmo sem resposta, servidores do Indea retomam atividades em Mato Grosso

Agronegócio

Mesmo sem resposta, servidores do Indea retomam atividades em Mato Grosso

Servidores retomam as suas atividades nessa quinta-feira, 18 de agosto
Por:
297 acessos

Servidores retomam as suas atividades nessa quinta-feira, 18 de agosto

Os servidores do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea) retomam as suas atividades nessa quinta-feira, 18 de agosto, mesmo não tendo obtido nenhuma resposta por parte do presidente da autarquia Guilherme Nolasco. Assembleias regionais serão convocadas pelo Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso (Sintap) para deliberar as próximas ações da categoria visando o cumprimento por parte do Governo de Mato Grosso determinação da Justiça, após a efetuação do corte de ponto efetuado na folha salarial dos servidores e ausência da recomposição pelos dias parados.

Os servidores do Indea voltaram a cruzar os braços na segunda-feira, 15, e assim permaneceram até esta quarta-feira, 17. A paralisação das atividades era para conseguir uma resposta do Estado acerca do cumprimento de liminar conquistada pelo sindicato da categoria para que os servidores tivessem ressarcidos os 11 dias de ponto cortado em decorrência a greve em junho.

Conforme o Sintap, nestes três dias o sindicato "não fomentou a parada e sim orientou a quem achasse por bem parar, nenhuma resposta ocorreu até o momento". Os servidores do Indea estão em estado de greve desde o dia 21 de julho visto ter sido a única categoria a ter ordem de corte de ponto acatada em um universo de 30 categorias que paralisaram as suas atividades em junho.

Na segunda-feira, a presidente do Sintap, Diany Dias, e representantes do sindicato reuniram-se com o secretário de Estado de Gestão (Seges), Júlio Modesto. Na ocasião ele informou não ter autonomia para mexer na folha de pagamento de outro órgão. Modesto explicou que é necessário que o presidente do órgão, Guilherme Nolasco, encaminhe o pedido para a pasta abrir processo para o cumprimento da decisão da Justiça.

De acordo com o Sintap, na terça-feira, uma reunião foi realizada no Indea com o presidente em exercício, Roberto Rosa, uma vez que Nolasco encontra-se em viagem. Rosa destacou aos representantes dos servidores que somente o presidente da autarquia poderia proporcionar uma resposta.

"Sendo assim, a expectativa ficou toda para esta quarta-feira. Caso se confirme nenhum contato dele com a direção do Sintap os servidores voltam ao trabalho normal nesta quinta-feira, mas o Sintap vai convocar assembleias regionais para deliberar as próximas ações a fim de conseguir com que a lei seja cumprida pelo Governo assim como foi cumprida pelos grevistas durante a greve geral entre os dias 6 de junho e 1 de julho", salienta o Sintap em nota. Em junho, os servidores do Indea pararam as atividades por 25 dias. A estimativa é que nesse período mais de R$ 700 milhões tenham deixado de circular no Estado apenas com a redução de 60% dos abates de bovinos.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink