México estuda aval sanitário a milho da Argentina após autorizar Brasil
CI
Agronegócio

México estuda aval sanitário a milho da Argentina após autorizar Brasil

Por:
CIDADE DO MÉXICO - O México estuda uma medida sanitária que abriria a porta às importações de milho da Argentina, o segundo maior exportador mundial do grão, depois de recentemente dar um aval ao Brasil, disse nesta quarta-feira o diretor de saúde vegetal da Secretaria de Agricultura mexicana, Javier Trujillo.


O México compra tradicionalmente dos Estados Unidos, seu vizinho e sócio no Tratado de Livre Comércio da América do Norte (Nafta), praticamente todo o milho que importa --cerca de 10 milhões de toneladas anuais em média-- que usa para alimentar o gado.


Mas diante da seca nos Estados Unidos, que diminuiu a oferta, importadores mexicanos pediram ao governo que autorize protocolos sanitários para realizar importações de outros países.

Trujillo disse à Reuters que o México fez uma "análise de risco" sanitário para o caso do milho brasileiro, aprovado há aproximadamente um mês, o que permitirá as importações do grão.

O funcionário sinalizou que está fazendo uma análise semelhante para o milho da Argentina. 

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink