Milho: colheita avança e chega a 14% em MT

Agronegócio

Milho: colheita avança e chega a 14% em MT

Segundo o IMEA, a produção deve sofrer queda de 10% em relação a safra passada
Por:
2119 acessos
Entre a terceira e quarta semana após o início da colheita do milho em Mato Grosso, houve um leve avanço nos trabalhos realizados. De acordo com dados do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), já foram colhidos 14,6% da área plantada no Estado ou aproximadamente 250 mil hectares. A área total plantada está estimada em 1,7 milhão de hectares.


Mesmo com este avanço, a colheita do grão continua atrasada. Desta vez, o percentual de atraso subiu para 26,5%, em comparação com o mesmo período do ano passado, em que já haviam sido colhidos 41,1%. Até a semana passada, o atraso no processo estava em 19,8%.


A principal região produtora do grão, Médio-Norte (841,5 mil hectares), continua como a mais avançada na colheita com 19,8%. Norte (13,6 mil hectares) já retirou 18,7% do milho das lavouras. Nordeste (72 mil hectares) colheu 14,6%. Noroeste (58,4 mil hectares) efetuou a colheita de 12,7% do total.


O Oeste (256,1 mil hectares) efetuou a colheita de 12,3% de sua área. Já as regiões Sudoeste (402,5 mil hectares) e Centro-Sul (108 mil hectares) colheram, respectivamente, 7,5% e 7,1% de suas áreas.

Conforme Só Notícias/Agronotícias já informou, o instituto projeta que a produção do milho mato-grossense deve sofrer queda de 10% em relação a safra passada. Naquela oportunidade, foram produzidos 8,4 milhões de toneladas e nesta safra a projeção é de colher 7,5 milhões de toneladas. A perda de produtividade pode ser explicada pelo atraso do plantio de milho, devido ao atraso do plantio de soja, além da falta de chuva para germinar a planta.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink