Agronegócio

Milho/CEPEA: Cotações chegam ao menor patamar em três anos

Os valores do milho têm apresentado quedas consideráveis. Na última semana, os preços registraram o menor patamar em três anos nos mercados interno e externo
Por:
882 acessos

Os valores do milho têm apresentado quedas consideráveis. Na última semana, os preços registraram o menor patamar em três anos nos mercados interno e externo. Entre 30 de setembro e 7 de outubro, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa, referente à região de Campinas (SP), caiu 2,66%, fechando a R$ 23,68/saca de 60 kg na segunda-feira, 7. Se considerados os negócios também em Campinas, mas cujos prazos de pagamento são descontados pela taxa de desconto NPR, o preço médio à vista foi de R$ 23,26/sc de 60 kg na segunda, recuo de 2,57% em sete dias. Em setembro, as quedas foram de 4,2%. Segundo pesquisadores do Cepea, ainda é grande a oferta interna do cereal, e o produtor enfrenta fortes dificuldades em escoar a safra, tanto no mercado doméstico quanto no externo. Em meio a esse cenário, o governo brasileiro tem disponibilizado políticas de apoio ao setor, via leilões, mas produtores, especialmente os de Mato Grosso, já começam a analisar a possibilidade de produzir etanol de milho, assim como é feito nos Estados Unidos.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink