Milho/Cepea: Retração compradora e fraca exportação pressionam valores

Agronegócio

Milho/Cepea: Retração compradora e fraca exportação pressionam valores

O recuo de compradores no mercado spot e o baixo ritmo das exportações seguem pressionando as cotações internas do milho
Por:
714 acessos

O recuo de compradores no mercado spot e o baixo ritmo das exportações seguem pressionando as cotações internas do milho, que registram os menores patamares do ano em muitas regiões. Nesse contexto, vendedores têm reajustado suas expectativas e muitos já passam a ser mais flexíveis nos valores de negociação.

Segundo pesquisadores do Cepea, a forte diferença entre o preço doméstico e o internacional também pressiona as cotações, à medida que reduz a competitividade do milho brasileiro no mercado externo e estimula as importações. De 25 de novembro a 2 de dezembro, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa (Campinas – SP) recuou 0,3%, a R$ 36,53/saca de 60 kg na sexta-feira, 2. Em novembro, o Indicador acumulou forte baixa de 10,7%, registrando a menor média mensal de 2016, de R$ 38,76/sc.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink