Milho paraguaio está estável no alto
CI
Imagem: Divulgação
MERCADO INTERNACIONAL

Milho paraguaio está estável no alto

Já o milho argentino tem preços ao redor de US$ 343 FOB, o que equivaleria a US$ 394 posto portos do BR
Por: -Leonardo Gottems

O mercado físico do milho paraguaio continua estável no alto, com o disponível no mercado Safra 2021 e volumes muito pequenos a serem negociados, de acordo com informações que foram divulgadas pela TF Agroeconômica. “Alta de US$ 5 para milho 2022 em todas as regiões, como mostram as vendas para entregas futuras, a partir de junho ou julho, são quase nulas. O plantio dos 970 mil hectares de milho Safrinha paraguaio em 2022 atingiu 86%. Também não ouvimos negócios spot nesta sexta-feira", comenta.

Já o milho argentino tem preços ao redor de US$ 343 FOB, o que equivaleria a US$ 394 posto portos do BR. “Nesta semana não houve cotações para o mercado, porque se mostraram muito voláteis e impediram os vendedores e compradores de se posicionarem. Mas, o governo argentino se posicionou. Publicou sua lista de preços de referência para registro das exportações, sobre a qual são cobrados os impostos e que podem dar uma ideia aproximada dos preços para os próximos 12 meses”, completa a consultoria.

Levando em conta os derivados do milho, o preço da matéria-prima subiu, mas maior parte das indicações de derivados se mantém. “A semana foi marcada por uma alta no milho na maior parte das praças de nossos correspondentes, com o preço médio do cereal comercializado foi de R$ 97,50 em todo o estado do Paraná. O reflexo da alta nas matérias primas, no entanto, ainda não refletiu no mercado de derivados, que em sua maior parte, manteve os preços de indicação para o varejo”, indica.

“Segundo um de nossos correspondentes, os estoques de passagem ainda estão com preços médios menores, e frente a uma fraca demanda do setor de varejo, indústrias tentam manter os preços para não reduzir os volumes de venda. O destaque deste correspondente é a venda de grits cervejeiro, demandado pelo período do carnaval para a produção de cerveja”, conclui.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.