Minas Gerais terá novo controle de agrotóxico

Agronegócio

Minas Gerais terá novo controle de agrotóxico

O programa vai controlar as movimentações de estoque e venda de fitossanitários
Por: -Admin
7 acessos

Começa a operar nesta sexta-feira (29-06), em Minas Gerais, o Sistema de Agrotóxicos (SisAgro), um programa informatizado criado para controlar as movimentações de estoque e venda de produtos fitossanitários por município. Desenvolvido sob iniciativa do Instituto Mineiro de Agricultura (Ima), sob incentivo do Ministério da Agricultura e o apoio da Associação Nacional de Defesa Vegetal (Andef), o SisAgro foi apresentado aos fiscais participantes do Seminário de Agrotóxicos, em Campo Grande (MS), evento iniciado nessa terça-feira (26-06) com encerramento programado para esta sexta-feira, com atividades envolvendo trabalhos em grupo sobre fiscalização do comércio e do uso de agrotóxicos e harmonização das legislações estaduais.

A partir desta sexta-feira, o SisAgro já estará disponível às 1022 revendas de agrotóxicos do Estado, na página do Ima www.ima.mg.gov.br , pronto para receber as informações semestrais, seja através da internet e ou mensagem eletrônica. “Nosso plano é estender o projeto também às empresas que fazem venda direta, convidando-as a se integrar ao sistema, de forma a conseguirmos montar um balanço padronizado e consolidado das informações com as marcas dos produtos registrados no país”, explica Nataniel Diniz Nogueira, gerente de Defesa Sanitária Vegetal. Na tela de cadastro do SisAgro, a empresa deverá preencher os campos que pedem dados como CNPJ, cadastro estadual, razão social, endereço e responsável técnico, com CPF e o número de registro profissional.

“Na realidade, o SisAgro é fruto de sugestões dos próprios fiscais, colhidas no Seminário de Agrotóxicos realizado no ano passado, em Bento Gonçalves (RS), resultando em uma ferramenta bastante acessível que está totalmente disponível à fiscalização dos outros Estados que o queiram adotar”, conclui Nataniel. As informações são da assessoria de imprensa da Andef.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink