Ministério da Agricultura contribui para liberação das fronteiras, diz governador de Alagoas

Agronegócio

Ministério da Agricultura contribui para liberação das fronteiras, diz governador de Alagoas

Por:
495 acessos

 “O Ministério da Agricultura orienta, alerta e dá os parâmetros para que se trilhem os caminhos certos para a liberação das fronteiras.” A afirmação é do governador de Alagoas, Teotônio Vilela Filho, que se reuniu com o ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, nesta quinta-feira (16), em Brasília, para celebrar a conquista do estado no avanço da classificação de área de risco desconhecido para área de risco médio de febre aftosa.

De acordo com Stephanes, o resultado obtido por Alagoas deve ser aplaudido por todos. “Esperamos que, até o fim de 2010, todo o Nordeste, parte do Amazonas e do Pará estejam livres de febre aftosa com vacinação”, ressaltou.

Segundo Teotônio Vilela, Alagoas tem uma genética de qualidade para corte e para leite e esse foi um resultado importante para a economia do estado.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink