Ministro destaca força do produtor rural
CI
Imagem: Foto: Isac Nóbrega/PR
COBERTURA AGRISHOW

Ministro destaca força do produtor rural

Marcos Montes também citou ações para aumentar a produção de trigo no Brasil. O evento teve a presença do presidente Jair Bolsonaro
Por: -Aline Merladete

Na abertura da Agrishow, nesta segunda-feira (25), em Ribeirão Preto, o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Marcos Montes, destacou a força do produtor rural brasileiro e a expansão da produção de trigo no país. O evento teve a participação do presidente da República, Jair Bolsonaro, e demais autoridades do Governo Federal.

 A 27ª edição da feira agrícola, considerada uma das maiores do mundo, ocorre até o dia 29 de abril como palco para lançamentos das principais tendências e inovações para o agronegócio.    

O ministro ressaltou a atuação do agro brasileiro durante o período de pandemia, o qual os produtores rurais mantiveram a produção de forma a abastecer o mercado interno e atender os compromissos internacionais.

“Vivemos a pandemia, algo que mexeu com o mundo todo e, claro, com o Brasil. Mas que mexeu pouco com a produtividade do homem do campo, com os homens que constroem este país. A nossa indústria não parou, o nosso produtor não ficou em casa, foi ao campo, como sempre faz, diuturnamente trabalhando. É por isso, com a tecnologia, a ciência, a tenacidade, a persistência do homem do campo e a fé da indústria no homem do campo que o Brasil do campo teve um eco de vitória”, disse o ministro.

Trigo

O trabalho para reduzir as importações de fertilizantes e trigo também foi destacado pelo ministro. A partir de pesquisas da Embrapa, o Mapa aprovou o plano de trabalho para suporte à expansão da produção de trigo na região tropical do Brasil Central com foco em três linhas principais: transferência de tecnologia, caracterização dos municípios produtores e combate à brusone, principal doença limitante da cultura na região.

As ações de pesquisa e transferência de tecnologia deverão envolver diversos setores da cadeia produtiva de grãos nos estados de São Paulo, Goiás, Minas Gerais, Distrito Federal, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Bahia.

Em 2021, a produção brasileira de trigo chegou a 7,7 milhões de toneladas, com importação de outras 6,2 milhões de toneladas. Entre os resultados esperados com a aprovação do Termo de Execução Descentralizada do Trigo Tropical está a expansão da área em 100 mil hectares de trigo na região (25 mil hectares irrigado e 75 mil hectares em sequeiro), produção que pode representar 300 mil toneladas a mais de trigo, desonerando em R$ 450 milhões a balança comercial das importações de trigo no Brasil.

Ambientes de inovação

Durante a feira, o Mapa também fortalece os ecossistemas regionais de inovação agropecuária com a assinatura de Protocolo de Intenções para promoção do Corredor de Inovação Agropecuária do estado de São Paulo com a Secretaria de Estado de Agricultura de São Paulo, Embrapa e Sebrae.

Esse ecossistema digital engloba as principais cidades do eixo Piracicaba, Jaguariúna, São Carlos, Campinas e Ribeirão Preto e tem como objetivo o desenvolvimento estratégico da competitividade de empresas em âmbito regional, envolvendo o estímulo à pesquisa, ao desenvolvimento tecnológico, à inovação e ao surgimento de novos negócios voltados à agropecuária brasileira, contribuindo para o incremento da renda e bem-estar social. Ao longo da programação desta segunda-feira, ainda será realizado um workshop com os principais atores do ecossistema agro da região.

Mapa*


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.